POSTER 10 – DOENÇA RENAL CRÓNICA NA INSUFICIÊNCIA CARDÍACA AGUDA – DIFERENTE RESPOSTA À TERAPÊUTICA?

José Luis Costa Sena Martins(1);Sofia Pedrosa(1);João Duraes(1);Filipa Sousa(1);Luis Santos(1);Ana Faustino(1);Jesus Viana(1);José Santos(1)
(1) CHBV

INTRODUÇÃO:
doença renal crónica (DRC) é muito comum em doente com IC com prevalência de 30 a 67% em doentes com insuficiência cardíaca aguda (ICA). Entre os doentes com ICA o agravamento da função renal no internamento ocorre em 10 a 40% dos doentes com etiologia multifatorial. A elevação de Cr (ElevCr) tem sido historicamente associada a mau prognóstico na ICA. Já a hemoconcentração (HC) em resposta a terapia diurética na ICA tem-se associado a redução da mortalidade, sendo também uma causa de ElevCr.

OBJETIVOS:
Avaliar o prognóstico da HC de acordo com a função renal basal em doentes internados por ICA.

MÉTODOS:
Analisados 618 doentes consecutivos admitidos por ICA durante um ano. Definida ElevCr segundo critérios KDIGO e HC como elevação da Hemoglobina (Hb) relativamente à admissão durante o internamento. Avaliada morte por qualquer causa aos 6 meses. Realizada análise uni e multivariada e curvas de sobrevivência.

RESULTADOS:
A idade média foi 79±11 anos; 42% homens. A mortalidade aos 6 meses foi 41%. 49% dos doentes tiveram ElevCr, sendo estes mais velhos, com maior duração de internamento (p<0.05), sem diferença na dose média de diurético (p=0.6). A
HC ocorreu em 42% dos doentes com ElevCr e associou-se a maior sobrevivência após ajuste de fatores demográficos e comorbilidades (HR 1.6; IC95%: 1.06–2.33; p=0.026). Relativamnte aos doentes sem DRC previa, a HC esteve associada a maior sobrevivência nos doentes com ElevCr estadio 1 e 2 KDIGO (HR 2.26; IC95%: 1.20–4.24; p=0.01) com a ElevCr estadio 3 nesta populaçao a estar associada a mau prognostico independentemente da HC (logrank, p=0.34) (Fig 1). Pelo contrario, nos doentes com DRC previa, a HC não se associou a diferente prognostico tanto nos doentes sem ElevCr, como nos doentes com ElevCr nos varios estadios KDIGO (p>0.05).

CONCLUSÃO:
A ElevCr sem falência renal (estadios 1 e 2) nem DRC com HC associa-se a melhor prognóstico, semelhante ao de doentes sem ElevCr. A HC relacionada com a resposta a terapêutica diurética tem impacto prognostico apenas nos doentes sem doença renal cronica previa ao internamento por ICA.

para fazer download do poster clique aqui

Login

Lembrar


Criar novo registo

Lost Password

NOVO REGISTO